GÁS GLP: O QUE É?

O Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), popularmente conhecido como gás de cozinha, é resultado da separação das frações mais leves do petróleo durante o refino. É composto de uma mistura de gases hidrocarbonetos – como Propano (C3H8), Propeno (C3H6), Butano (C4H10) e Buteno (C4H8), além de pequenas frações de outros hidrocarbonetos – que apresenta grande aplicabilidade como combustível por causa do alto poder calorífico, da excelente qualidade de queima, do fácil manuseio e do baixo impacto ambiental, além da facilidade de armazenamento e de transporte.

O GLP é um combustível gasoso à pressão e à temperatura ambientes, inflamável e naturalmente inodoro. Torna-se liquefeito apenas quando armazenado sob pressão. Para seu armazenamento, são utilizados recipientes fabricados em aço carbono, projetados para pressão de trabalho de até 17 kgf/cm², que são preenchidos com gás na fase líquida em até, no máximo, 85% de sua máxima capacidade. Na fase líquida, o GLP é menos denso do que a água e na fase gasosa, é mais denso do que o ar, portanto, em caso de vazamento, vai ocupar sempre os locais mais baixos (ralos, pisos, canaletas etc.). Para que se possa identificar, com facilidade, qualquer vazamento, compostos a base de enxofre são adicionados em sua composição.

Por suas características e aplicabilidade, mais de 90% da população brasileira depende da distribuição de Gás GLP todos os dias, seja em residências – na cozinha e no banho – ou em atividades ligadas à indústria, comércio, prestação de serviços ou agronegócio.

CADEIA DO GÁS GLP

Desde a plataforma de extração até o uso em residências e empresas, o GLP percorre várias etapas em que tecnologia e segurança são fundamentais.

O petróleo é resultado da decomposição de material orgânico (animal e vegetal), que sofreu atuação de altas pressões e temperaturas elevadas, além de bactérias e micro-organismos, em um processo de milhões de anos. É encontrado em bacias sedimentares, de onde é extraído.
Nas refinarias, o petróleo é submetido a processos físico-químicos, iniciando pela destilação fracionada (aquecimento gradual do petróleo), e outros processos, tais como o “craqueamento”, para a obtenção das chamadas frações do petróleo, das quais o GLP é uma das mais leves.
Após o refino do petróleo, o gás é direcionado para terminais de estocagem nas refinarias. A Gasball recebe o gás diretamente das refinarias, através de dutos ou por meio de carretas, e o armazena em grandes tanques localizados em suas bases de engarrafamento e distribuição. Ali, o gás é envasado ou encaminhado para distribuição a granel.
Uma das formas de comercialização do GLP é envasado em cilindros que comportam 13, 20 ou 45kg de gás.
No sistema de fornecimento de gás GLP a granel Gasball, o combustível é transferido diretamente do veículo abastecedor para um tanque fixo na empresa do cliente.
No varejo, as lojas autorizadas Gasball/Consigaz revendem os botijões aos consumidores finais.
Seja envasado ou a granel, indústrias, comércios, prestadores de serviços, atividades relacionadas ao agronegócio ou condomínios tem no GLP uma fonte de energia eficiente, econômica e ecologicamente correta.
O GLP é a fonte de energia mais amplamente utilizada no preparo de alimentos em residências e pequenas empresas e em outras aplicações, como aquecimento de água e de ambientes.
Em condomínios, o GLP é utilizado no preparo de alimentos e no aquecimento de água e de ambientes, além de fonte de energia para eletrodomésticos.
Nas indústrias, o GLP é utilizado de combustível para empilhadeiras a fonte de energia para aquecimento, fundição e moldagem de materiais, secagem de tintas, papéis e tecidos, aquecimento de fornos e muitas outras atividades.
O GLP também é utilizado em cocção de alimentos, aquecimento de água, climatização, esterilização de objetos e secagem de roupas, entre outras aplicações, em hospitais, academias, escolas, restaurantes, bares, hotéis e motéis, confeitarias, clubes, buffets, lavanderias e muitos outros setores da economia.
Secagem e torrefação de grãos, abastecimento de campânulas a gás para irradiação de calor e uso de lança-chamas para limpeza e esterilização do aviários são algumas das aplicações do GLP no agronegócio.

VANTAGENS DO GLP – GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO

ícone economia

OFERECE ECONOMIA SIGNIFICATIVA EM RELAÇÃO A OUTRAS FONTES DE ENERGIA.

ícone átomo energia

GERA ENERGIA LIMPA, QUE NÃO PRODUZ RESÍDUOS PESADOS E NÃO AGRIDE O MEIO AMBIENTE.

ícone chama co2

É ARMAZENADO EM RECIPIENTES PRÓPRIOS, GARANTIA DE FORNECIMENTO CONTÍNUO.

ícone frascos e recipientes químicos

É DE FÁCIL MANUSEIO, TRANSPORTE E ARMAZENAGEM, O QUE PROPORCIONA GRANDE DISPONIBILIDADE.

GLP – GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO: A MELHOR ESCOLHA

QUANTIDADE FONTE DE ENERGIA PODER CALORÍFICO
1 Kg Gás LP 12.000
1 Kg Óleo Diesel 10.200
1 m³ Gás Natural 9.400
1 Kg Carvão 5.000
1 Kg Lenha 2.900
1 Kw Energia Elétrica 860
O GLP – GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO – É O COMBUSTÍVEL MAIS PODEROSO EM SE TRATANDO DE PODER CALORÍFICO. SABE O QUE ISTO SIGNIFICA?
ícone chama acesa

Maior poder de queima.

ícone relógio

Menos tempo para realizar tarefas de cocção, aquecimento, produção, etc.

ícone botijão e chama

Necessidade de menos combustível para a realização dos processos.

MERCADOS QUE UTILIZAM O GLP – GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO

Exemplos de uso do GLP:

ícone indústrias

INDÚSTRIAS

  • Aquecimento homogêneo de fornos
  • Controle de pureza de derivados do aço
  • Procedimentos especiais de queima
  • Combustível para geradores de ar quente
  • Secagem de papel e tecidos
  • Abastecimento de empilhadeiras
  • Câmaras de pintura no processo de secagem da tinta
diagrama gás gasball

COMÉRCIO & SERVIÇO

  • Preparo de alimentos
  • Aquecimento de água
  • Lavagem de utensílios
  • Climatização de ambientes
  • Sanitização
  • Secagem de roupas
  • Calandras a gás para passagem de roupas
  • Desinfecção e esterilização de objetos
  • Queima de lixo não-reciclável
ícone agronegócio

AGRONEGÓCIO

  • Aquecimento e controle de temperatura de estufas de plantas, flores e frutas
  • Abastecimento de campânulas a gás para irradiação de calor
  • Uso de lança-chamas para limpeza e esterilização de aviários
  • Secagem e torrefação de grãos
figura estilizada residência

RESIDÊNCIAS E CONDOMÍNIOS

  • Preparo de alimentos
  • Lavagem e secagem de roupas
  • Iluminação
  • Aquecimento de água
  • Calefação

CONTRATE O GLP DA GASBALL PARA ABASTECER O SEU NEGÓCIO


PEÇA O ORÇAMENTO

CILINDROS E BOTIJÕES

Desde a fabricação, passando pelo envase, até a entrega em sua residência ou empresa, a Gasball garante a segurança e a qualidade de seus botijões e cilindros. E essa garantia é possível porque a Gasball é proprietária da CNC – Companhia Nacional de Cilindros, responsável pela produção de todos os botijões, cilindros e reservatórios utilizados pela empresa, seguindo as mais rigorosas normas de fabricação. Isso também garante que a requalificação dos botijões e cilindros seja realizada pela fabricante, oferecendo ainda mais segurança. Além disso, a Gasball possui modernas bases de armazenamento, envasamento e distribuição, todas trabalhando sob rígido controle de qualidade, onde os botijões e cilindros são inspecionados a cada envase.

TIPO P13 P20 P45
Capacidade (kg) 13 20 45
Diâmetro (mm) 360 310 376,5
Altura (mm) 476 878 1299
Aplicações Fogões Domésticos Empilhadeiras a gás Condomínios, residências, bares, restaurantes e hospitais, entre outras
Matéria-prima Aço carbono de 2,5mm a 3mm de espessura
Pressão interna (kg/cm³) 2 a 7
Dispositivo de segurança Plugue fusível Válvula sobrepressão
Padrão da válvula Norma ABNT NBR 8614 Norma ABNT NBR 8614 (consumo)

ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA

Para que o uso e o armazenamento de gás sejam seguros, é importante tomar alguns cuidados. Observe algumas orientações de segurança:

NA COMPRA

• Verifique se o botijão ou cilindro possui o lacre inviolável e a etiqueta de segurança da Gasball.
• Não compre botijões ou cilindros de postos clandestinos. A Gasball garante a segurança e a qualidade de seus botijões ou cilindros, da fabricação às revendas autorizadas, por meio de rígidas normas de controle.

NO ARMAZENAMENTO

• Nunca coloque o botijão em locais fechados como armários, gabinetes, vãos de escada, porões etc.
• Os botijões, tanto o que está sendo usado quanto o reserva, devem ficar em local ventilado – para facilitar a dispersão do gás em caso de vazamento -, coberto e protegido das intempéries.
• Mantenha o botijão 1,5m afastado de ralos e caixas de esgoto.
• Mantenha o botijão 1,5m afastado de tomadas, interruptores e instalações elétricas.
• Não deixe o botijão próximo a produtos inflamáveis ou fontes de calor ou de faíscas.
• Não deite o botijão.

NA INSTALAÇÃO

• Nunca instale o botijão em locais fechados como armários, gabinetes, vãos de escada, porões etc.
• O botijão deve ficar em local ventilado – para facilitar a dispersão do gás em caso de vazamento -, coberto e protegido das intempéries.
• Utilize apenas mangueiras e reguladores aprovados pelo INMETRO.
• Respeite o prazo de validade de mangueiras e reguladores, que é de 5 anos, e os substitua antes de terminado esse período.
• O comprimento máximo da mangueira de gás deve ser de 1,25m.
• Retire o regulador de pressão do gás do botijão vazio.
• Examine as condições da mangueira e do regulador de pressão de gás, verificando o prazo de validade e as condições de conservação.
• Encaixe e rosqueie o regulador de pressão do gás sobre a válvula do botijão cheio usando as mãos. Não utilize ferramentas como martelo ou alicate.
• Após instalar o botijão, teste se há vazamentos, passando uma esponja com espuma de sabão ao redor da conexão do botijão com o regulador de pressão. Caso surjam bolhas, desconecte o regulador e o reinstale. Se o vazamento persistir, desconecte o regulador e verifique se existe vazamento na válvula do botijão. Caso o vazamento continue, leve o botijão para um lugar ventilado, deixando o regulador desconectado, e acione a revenda onde adquiriu o produto ou entre em contato com a Gasball.

NO USO EM FOGÕES

• Nunca passe a mangueira de gás por trás do fogão ou forno. Se for necessário alterar a posição de entrada de gás, chame profissionais credenciados pelo fabricante do fogão ou forno.
• Não permita que seu fogão seja alvo de grandes correntes de ar. Isso prejudica a estabilidade da chama, aumentando o consumo de gás e retardando o preparo dos alimentos.
• Antes de trocar o botijão vazio por um cheio, feche o registro do regulador de pressão e certifique-se de que todos os queimadores do fogão e do forno estejam desligados.

DETECTANDO VAZAMENTO

O primeiro passo para saber se realmente há vazamento ou identificar o local do problema é passar uma esponja com água e sabão nas conexões e na superfície suspeita. O aparecimento de bolhas indica vazamento.
O gás GLP é uma substância originalmente inodora, portanto, para permitir que o consumidor perceba se há vazamentos, um composto de enxofre denominado etil-mercaptano, que libera um cheiro típico de gás, foi adicionado à sua fórmula. Ao sentir esse cheiro, portanto, o consumidor deve ficar atento.

COMO AGIR DIANTE DE VAZAMENTO SEM FOGO

• Feche a válvula de gás.
• Abra portas e janelas para evitar o acúmulo da substância.
• Não fume, nem acenda velas ou isqueiros ou produza qualquer tipo de faísca.
• Não ligue nem desligue equipamentos eletrônicos, nem acione interruptores de eletricidade.
• Transfira o produto para um local aberto, ventilado e longe de fontes de ignição.
• Se o manuseio não é possível por causa do peso ou por qualquer outra situação de risco, acione a revenda onde adquiriu o produto ou entre em contato com a Gasball.

EM CASO DE INCÊNDIO

• Feche a válvula de gás, para evitar que o fogo se agrave.
• Desligue a chave geral de eletricidade.
• Acione o Corpo de Bombeiros (193).
• Avise as pessoas ao seu redor e afaste-as do local.

FISPQ – Clique aqui para baixar as informações técnicas sobre o GLP e os cuidados necessários para o armazenamento, transporte e manuseio.